Verás aqui...

Ah... tanto mar. Tanto amor.
Sou um pedaço de vida que desperta a cada instante. Amo!
Teve um dia em que o mar levou um corpo, cheio de pensar, de achar. Neste mesmo dia o corpo escoriado nadou, sentiu, amou no mar. Viveu em mar. No corpo, agora Maria. Cheia de sentir. Muito que viver, tanto que amar. Ainda sim, cheia de pensar. Mas quando escreve, não pensa, transmite.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Oração à Transformação


Que o Grande Sol ilumine nossas casas
Que o Céu nos mostre Seu valor
Que a vida Suprema, de cada ser Supremo
Transpareça a beleza de todo Amor

Que uma nave nos traga a Verdade
Que uma vida nos ensine sobre a morte
Que a saúde nos revele a doença
Transporte o medo para outra dimensão

Façamos sorrir, no lugar de chorar
Só depois de já ter de todo chorado
Façamos rir com a presença amiga
De um amigo irmão sempre a nós sorrindo

Faz abrir o tempo, que enegrece pela chuva
Só depois de tudo já ter chovido
Faz limpar, assim, as mágoas de nossos corações
Mas, pedimos, piedade dos desabrigados e soterrados pelo temporal

Que possamos lembrar de agradecer
Que possamos calar a mente para orar
Que possamos ser humildes para a Vossos pés ajoelhar
Que possamos pedir perdão pelas faltas por não sebermos , de verdade, amar

Amém.

2 comentários:

Dea Conti (a filha) disse...

Voltou! Que bom! Que o seu Amor te inspire mais e mais. Te amo, assim como amo seus filhotes. Beijocas da mama!

Ana Lucia disse...

Cacá, que possamos ter a alegria de compartilhar tuas orações para iluminar nossos dias e nos trazer paz. Te amo, querida! Aninha